quarta-feira, 2 de novembro de 2011

I Wish You Here - 11ª Parte.



As batidas cessaram por dez minutos e logo retornaram, porque eles não entendem que eu quero ficar sozinho? Apertei o travesseiro contra minha cabeça na esperança de ignorar as batidas, em vão. Levantei irritado, na porta estava minha mãe. Olhei-a triste e a abracei.

Pattie: O que aconteceu filho?
Justin: Nada, só me abraça.
Pattie: Cadê a Sophia? –me solta-
Justin: Foi embora.
Pattie: Mas por quê? Fiz o almoço com tanto carinho para conhecê-la.
Justin: Nós discutimos.
Pattie: Ah, então está explicado o motivo da tristeza. Como essa menina te mudou heim.
Justin: Pois é. Ela é especial.
Pattie: É especial? Então porque você não foi atrás dela?
Justin: A senhora tem razão.
Pattie: Então vá logo filho.

Beijei sua bochecha e saí passei pela sala e peguei minha chave em cima da mesinha de centro e sai, entrei no meu carro e sai à procura da Sophia.

~ Mode Justin OFF ~

Depois de pegar o táxi da casa do Justin, fomos rodando sem rumo até que avistei um bar, a rua estava deserta, ok, está tudo fudido mesmo, então beber um pouco não vai mudar muita coisa. Só vai fazer com que meu pai me despreze um pouco a mais do que o de costume.

Sophia: Senhor, pode parar aqui.
Taxista: Ok.

Ele parou e eu desci do carro, paguei a corrida e entrei no bar, o atendente era um senhor com uma barba comprida e calvo. o lugar não parecia dos mais limpos e aparentava que nunca foi visitado por um agente sanitário, perfeito. Fui até o balcão.

XxXx: O que a Senhorita Crawfoard faz aqui? –Perguntou o atendente.
Sophia: Como me conhece?
XxXx: Você sempre sai em colunas sociais com seu pai. Eu sou o Jason.
Sophia: Ok Jason, quero Vodka.
Jason: E quantos anos a senhorita têm?
Sophia: 18 –Menti.
Jason: Sendo assim –pegou uma garrafa- aqui está.
Sophia: -Peguei um copo- Valeu.
Jason: Duvido que uma patricinha como você consiga beber isso. –Todos no bar riram.
Sophia: Não sou patricinha. –enchi o copo e virei de uma vez, todos gritaram-

Como suspeitei, ele não sabia minha idade, e nem pediu meu documento de identidade, que espelunca é essa. Sempre que precisar virei aqui. Comecei a beber descontroladamente. Um copo, dois copos, três copos... Onze copos, doze copos, uma garrafa... Uma garrafa e meia. Já estava vendo tudo girando.

Jason: Não está na hora dá senhorita parar?
Sophia: Só vai estar na hora de parar –Soluço- quando eu disser que está na hora. Ok!
Jason: Você está bebendo há muito tempo.
Sophia: Foda-se -pausa- Eu estou pagando.
Jason: Você não vai mais beber aqui, vá pra casa.
Sophia: Vou mesmo isso aqui já perdeu a graça. –gritei entre soluços- Quanto deu minha conta?
Jason: 200 doláres.
Sophia: AHH QUE ROUBO, ISSO TUDO POR DUAS GARRAFAS DE VODKA?
Jason: Duas garrafas das mais caras.

Peguei o dinheiro joguei o dinheiro em cima do balcão e sai cambaleando, acho que nunca bebi tanto na minha vida. Na verdade nunca bebi. Mal me agüentava sobre minhas pernas, cheguei ao meio da rua e olhei para os lados para procurar um táxi, nenhum. Atravessei a rua, e sentei-me na sarjeta do outro lado, em frente ao bar.
Estava tudo girando, estava enjoada parecia que meu estomago queria colocar tudo pra fora.

Na minha frente parou uma Range Rover preta, pronto é agora que me matam
-pensei. De lá de dentro saiu... Justin Bieber.

Justin: Sophia? O que aconteceu com você? –abaixou-se do meu lado-
Sophia: Sai de perto de mim. –falei com algumas letras trocadas, coisa de bêbada-
Justin: Você bebeu?
Sophia: Bebi...
Justin: Não acredito, como você pode fazer uma coisa dessas. Vem deixa eu te ajudar.
Sophia: Quer me ajudar?
Justin: Quero, lógico.
Sophia: Então vai naquele bar e compra uma garrafa de Vodka pra mim.
Justin: Porque você quer que eu faça isso?
Sophia: Porque o atendente é muito sexy cara, estou com medo de atacá-lo.
Justin: Você não está falando coisa com coisa. Você acha mesmo aquele velho sexy?
Sophia: Claro que não, os únicos que eu acho sexy são o Patrick e o Bob Esponja.
Justin: Dizem que quando a pessoa está bêbada elas dizem a verdade. Você acha mesmo o Bob Esponja sexy?
Sophia: Com certeza, se eu pegar aquela esponja eu agarro ela.
Justin: -ri- Vem, vou te levar pra casa.
Sophia: Não, eu quero Vodka. V-O-D-K-A.
Justin: Não, você não vai mais beber.

Ele me segurou forte pelo braço e colocou-me dentro do seu carro. Foi dirigindo com uma cara muito séria e parou só em frente à minha casa. Ele parou o carro desceu e em seguida ele abriu a porta pra mim, segurou em minha cintura e colocou minha mão entrelaçada em seu ombro. Na situação em que eu estava não conseguiria andar sozinha. Justin tocou a campanhia mais ninguém atendeu, pelo jeito não havia ninguém em casa, nem os empregados. Tentou abrir a porta, sem sucesso.

Justin: Você tem uma chave reserva?
Sophia: Claro, está aqui no meu bolso de trás.
Justin: Pega aí.
Sophia: Qual é Bieber, está com medo de pegar na minha bunda?
Justin: -pegou a chave- Sabia que você fica insuportável quando está bêbada?
Sophia: Ah cala a boca, insuportável eu sou de todo jeito.

Ele abriu a porta e entramos, me ajudou a subir as escadas e fomos para o meu quarto. Chegando lá ele me colocou sentada na cama.


Justin: Agora você vai tomar um banho frio pra melhorar essa sua cara de bêbada.
Sophia: Não quero tomar banho, quero Vodka.
Justin: Você não vai tomar Vodka, Você vai tomar banho.

Ele me olhou sapeca e me pegou no colo. Comecei a gritar feito louca. O Gay de quinta me levou até o banheiro e me colocou embaixo do chuveiro na água fria.

Sophia: Ai Justin, ta fria.
Justin: Para de frescura nem está tanto assim.
Sophia: Ah sai daqui, deixa que eu tomo banho sozinha.
Justin: Você mal se agüenta em pé.
Sophia: Não tem problema, sai logo.

Empurrei-o e acabei de tomar banho naquela puta de água gelada. Dez minutos depois acabei meu banho e saí de toalha. O Justin estava deitado na minha cama e olhou-me dos pés a cabeça.

Sophia: O que foi Bieber?
Justin: Nada,- desviou o olhar-.
Sophia: Fecha os olhos pra eu me trocar.

Ele fechou os olhos e eu coloquei um pijama preto com caveirinhas, e me deitei na cama. Senti o Justin deitar-se ao meu lado e colocar a mão em minha cintura, estava tão cansada que nem consegui mandá-lo embora, acabamos dormindo juntos.

[...]

Acordei com a maior dor de cabeça e ouvindo batidas na porta. Olhei para o lado e Justin  estava lá... O que o Justin faz aqui? Droga e agora, quem está na porta? Não vão acreditar que só dormimos, e se for meu pai nem posso falar que ele me ajudou porque eu bebi. Tenho que esconder o Justin... Tarde de mais, vi a porta se abrindo.

XxXx: Sophia? O que o Justin está fazendo no seu quarto?

-------------------------

Hi girls...

Vanessa, eu li o comentário sim :D só não indiquei porque você comentou em anônimo e não deixou o link. Beijos.

Vou fazer o mural das histórias amanhã e só vou indicar os links que estiverem nessa postagem.
OBS.: Depois de criar o mural não faço mais indicações.

Gostaram do capitulo?

~15 comentários~

24 comentários:

  1. Adooooooooreeeeeeei *-----------------* Cooont ' .. sz

    @Iara_rockstar

    ResponderExcluir
  2. amr ameii ta mto otimo naum precisa mudar nda continuua logo *--*

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa amei amei amei

    ResponderExcluir
  4. ta muito legal continua

    ResponderExcluir
  5. manda para min quero terminar de ler ta muito bomm

    ResponderExcluir
  6. aaaaaaaaaaaaaaaaaa continua amei tipo vc é muito foda e escreve muito bem amei mesmo virei fa de carterinha

    ResponderExcluir
  7. keyla diz: que coisa mais triste ta muito triste faz uma coisa mais alegre por favor

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAA Continuaa logoo mulér, ta mtoo mara isso =p

    ResponderExcluir
  9. Continuuua !
    Vc ainda me mata de curiosidade !!!

    by : >>> ♥ Bruna ♥ <<<

    ResponderExcluir
  10. amei continua é serio vey ta muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhhhh ta muito boooom continuaaaa!!!

    ResponderExcluir
  12. Continuaaa, tá perfeito!! To loka pra ver o próximo capítulooo <3

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. NÃO É SOBRE O LINK NÃO É PQ EU QUERO MUITO LER O OUTRO IB QUE TÁH INCOMPLETO AQUI QUE EU Ñ LI AINDA AI EU QUERIA TANTO LER EU TE PEDIR OS OUTROS CAP SÓ QUE VC NÃO ME RESPONDEU FOI ISSO

    E CONTINUAAA QUE TÁH DEMAIS AMEI AMEI AMEII

    VANESSA

    ResponderExcluir
  15. ta mt perfeito vc escreve mt bem e eu estou loca pára ver o p´roximo capitulo:)

    ResponderExcluir
  16. aaaah cooooooooooooooonnnnnnnnnnnnntiiiiiiinuuuaaaaaaa

    ResponderExcluir
  17. Aaaaa , fala sério , se eu gostei ? eu estou amando . Continua amoor ! beijitos da Luu !

    ResponderExcluir

Comente. O que achou do capitulo?
Devo mudar algo?
O que acha que acontecerá no próximo?

Elogios e criticas são sempre bem vindos.
Comentários ofensivos serão excluídos.

Se for comentar em anonimo, deixe seu Twiiter no final do comentário. Caso não tiver, deixe apenas seu nome.

Obrigada por comentar.
Beijos. Day'